Abertura da Palestra
No telão:

Cena 1: “Onde você estiver… Não se esqueça de mim”
Casal chegando a casa. Ambos estão felizes
Ela – Que ótimo jantar!!! O Pedro e a Irene são muito divertidos!
Ele – E bons Amigos!
O marido pega a chave e abre a porta. A esposa logo reage
Ela – Está cheirando a gás!?!
Ele – E muito!
Ela –Rápido! Acende a luz!…

A imagem congela.
Blackout na tela (fade out, fade in).
Ouve-se um estrondo e aparecem na tela cenas de violentas explosões!
Novo Blackout na tela (Fade in, fade out).

Volta para o casal.
O marido segura a mulher e alerta

Ele – Não acende Luz! Isso faz uma faísca… pode haver uma explosão!
Ela – Ihhh…É verdade!
Ele – Deixa que eu fecho o gás e abro a janela.

O marido afasta-se, ela aguarda aflita…ele volta

Ele – Pronto, agora é só esperar um pouquinho…
Ela – Ai amor, podiamos ter morrido!…

Ela abraça o marido com força. Ele brinca:

Ele – Mas estamos vivos! E eu mereço um beijo… por não me esquecer: da Segurança!

Entra a música “Onde Você estiver… Não se Esqueça de Mim!”


Perdemos companheiros para a doença ou vitimas de catástrofes naturais… e temos que nos conformar. Mas podemos perder outros prematuramente – por falta de segurança – e isso… não o podemos aceitar!

A Segurança deve estar sempre em nossa lembrança! Em Casa, na Ida para o Trabalho, na Empresa, na Volta para Casa… ela clama : “Onde você estiver… Não se esqueça de mim!”

Tony Correia